Acusado de matar professora vai a julgamento nos próximos dias em Nova Mutum (Relembre o caso)

Por – Redação

O Julgamento do empresário Alexsandro Lautenshilager de 31 anos, que é acusado ter matado a professora Rosangela Silva de 32, está marcando a para acontecer dia 4 de dezembro em Nova Mutum-MT.
Na época em que o crime aconteceu, amiga da vítima que estava na casa, informou polícia que viu o acusado buscando Rosângela em sua residência, em um contexto de forte discussão entre o ex-casal. Ambos seguiram em um HB20 de cor branca, após isto Rosangela não seria mais vista com vida.
TV Arinos
Após o desaparecimento da Professora, o Delegado Rodrigo Rufatto na ocasião decretou a prisão preventiva ao empresário.
Imagem Arquivo
Depois ter sua prisão preventiva decretada, as informações apontavam que Alexsandro teria fugido para o estado do Rio Grande sul, com a intenção de fugir da justiça.
O empresário foi encontrado no dia 30 de janeiro, na cidade de Foz do Iguaçu tentando cruzar a fronteira do Brasil, com o Paraguai, e na ocasião Alexsandro relatou aos Policias que não sabia oque havia acontecido com a professora, que não teria envolvimento com o seu desaparecimento.
TV NAIPI PARANA
Alexsandro foi transferido do Presidio em que estava na cidade de Foz do Iguaçu-PR, para Nova Mutum-MT, cerca de 4 meses após ter sido preso
TV ARINOS
O corpo de Rosângela foi encontrado no dia 07 de fevereiro, em um matagal às margens da rodovia estadual MT-249 ao todo foram 14 dias de buscas até investigadores da Polícia Civil chegarem ao local, que fica próximo a ponte do Rio Arinos, a cerca de 35 km de Nova Mutum-MT
TV ARINOS
Rosangela da Silva era Professora na Escola Lucia Faccio desde o ano de 2016, e foi velada e sepultada em Nova Mutum.
Alexsandro deve ser submetido a Juri Popular no dia 4 de dezembro, decisão esta que foi expedida pela Juiza Ana Helena Porcel.

Fotos – Arquivo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *