Pai entra na frente de tiro para defender filho e morre em MT

O alvo dos assassinos havia chegado a poucos dias na cidade, acredita-se que ele pertença ao PCC.
Um idoso de 76 anos morreu, após entrar na frente de uma bala para defender seu filho de 29 anos, que sofreu uma tentativa de execução, na Refrigeração Gelolar, localizada na Avenida Marechal Rondon, no centro de Araputanga (345 km da Capital). Dois homens, vestindo roupas escuras, chegaram ao estabelecimento em uma motocicleta, na manhã de quarta-feira (2), para executar o filho da vítima, que acredita-se que seja membro da facção criminosa PCC. 
Segundo a Polícia Militar (PM), o alvo da execução, o criminoso de 29 anos, havia chegado a poucos dias de São Paulo (SP) e, possuí diversas passagens criminais. Foi levantado que, supostamente, ele seria membro do PCC e essa seria a motivação do crime, tendo autoria faccionados do Comando Vermelho (CV).
No momento dos disparos, o pai protegeu o filho e levou um tiro no abdômen e na perna. Ele morreu no local. Já o alvo levou um tiro no ombro e, foi socorrido. 
O criminoso não corre risco de morte e, está internado no Hospital Regional de Cáceres (225 km de Cuiabá). 
O caso é investigado pela Polícia Civil.

Fonte – Repórter MT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *