Mato Grosso vacinou mais de 90% do rebanho contra a febre aftosa, diz Indea

A etapa de maio de vacinação contra a febre aftosa em Mato Grosso imunizou mais de 30 milhões de bovinos e bubalinos, o que corresponde a 99,67% do rebanho no Estado. É obrigatória nesta etapa a vacinação de animais de todas as idades, exceto na microrregião do Baixo Pantanal Mato-grossense e a zona de bloco I do plano estratégico para suspensão da vacinação.
De acordo com o Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea), a população de bovinos e bubalinos em Mato Grosso alcançou mais de 31 milhões cabeças e, desde 2005, as etapas de vacinação têm alcançado índices superiores a 99% e homogeneidade entre as regiões. A baixa inadimplência, na etapa de maio ocorreu devido ao forte trabalho de divulgação, educação sanitária e fiscalização.
Durante o período da etapa de vacinação, devido às medidas de biossegurança, o Indea suspendeu as vacinações fiscalizadas eletivas, mantendo apenas a fiscalização em caos de maior necessidade. Foram fiscalizados 334 estabelecimentos rurais e mais de 33,3 mil bovinos.
Atualmente, Mato Grosso é reconhecido pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) como livre de febre aftosa com vacinação, condição constantemente comprovada pelas ações de vigilância veterinária e inquéritos epidemiológicos realizados pelo Indea e Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Só Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *