Dupla rendida entrega esquema de carros roubados deixados na fronteira com a Bolívia

Policiais da 12ª Companhia de Barra do Bugres (a 168 km de Cuiabá) prenderam na madrugada desta sexta-feira (19.02), dois homens, 23 e 27 anos, por receptação, adulteração de veículo e uso de droga.
A equipe realizada um bloqueio na Avenida Marechal Rondon e deram ordem de parada a dois homens que estavam em um WV Fox branco. O motorista não era habilitado e não tinha o documento do veículo. Foi encontrado dentro do carro porções de maconha. A placa estava adulterada com fita adesiva substituindo o número 1, por 7. A numeração do motor foi raspada.
Um dos suspeitos contou que eles tinham ido deixar uma caminhonete roubada na região de fronteira com a Bolívia. Tinham saído da cidade de Sapezal e receberiam R$ 400 pelo serviço. Mas no retorno, foram abordados.
Durante o procedimento, um dos homens ao perceber que seria encaminhado à delegacia e vendo seu celular na mão de um dos militares – agrediu o policial para tomar o aparelho que ao cair ficou danificado.

Policiais da 12ª Companhia de Barra do Bugres (a 168 km de Cuiabá) prenderam na madrugada desta sexta-feira (19.02), dois homens, 23 e 27 anos, por receptação, adulteração de veículo e uso de droga.

A equipe realizada um bloqueio na Avenida Marechal Rondon e deram ordem de parada a dois homens que estavam em um WV Fox branco. O motorista não era habilitado e não tinha o documento do veículo. Foi encontrado dentro do carro porções de maconha. A placa estava adulterada com fita adesiva substituindo o número 1, por 7. A numeração do motor foi raspada.

Um dos suspeitos contou que eles tinham ido deixar uma caminhonete roubada na região de fronteira com a Bolívia. Tinham saído da cidade de Sapezal e receberiam R$ 400 pelo serviço. Mas no retorno, foram abordados.

Durante o procedimento, um dos homens ao perceber que seria encaminhado à delegacia e vendo seu celular na mão de um dos militares – agrediu o policial para tomar o aparelho que ao cair ficou danificado.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.
Fonte: PM MT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *