Estuprador é encontrado morto com a cabeça estourada a tiros

Cleiton Oliveira Silva era foragido da Justiça e foi encontrado morto na noite dessa quinta-feira (18), caído numa estrada de chão no Distrito de Guatá, em Colniza.

Por – Reporter MT

Cleiton foi encontrado morto com tiros na cabeça e no peito
Cleiton Oliveira Silva, 26 anos, foragido da Justiça acusado por crime de estupro, foi encontrado morto no final da noite dessa quinta-feira (18) numa estrada de chão do Distrito de Guatá, em Colniza (1065 km da Capital).
O homem foi executado com tiros na cabeça e no peito.
A Polícia Militar (PM) recebeu denúncia comunicando o encontro de cadáver, se deslocou à região e constatou a veracidade do fato.
Os militares comunicaram o fato à Delegacia de Polícia Civil de Colniza e à Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), responsáveis pelos procedimentos no andamento da ocorrência.
Os peritos analisaram as condições em que o cadáver foi encontrado, constatando que Cleiton foi morto a cerca de 30 horas. O perímetro também foi periciado para coletar evidências que determinem as circunstâncias do homicídio e ajudem a identificar o assassino.
Os investigadores, após identificar o cadáver, consultaram a identidade dele no banco de dados da Justiça e descobriram que Claiton tinha um mandado de prisão em aberto por acusação de estupro.
Os investigadores acompanharam os trabalhos da Politec, coletaram informações preliminares e deram início à apuração dos fatos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *