Homem é preso por poluição ambiental ao atear fogo em lixo em MT

Colocar fogo em lixo doméstico e em terreno baldio é crime. As pessoas que forem pegas fazendo isso, recebem multas e respondem pelo crime de poluição ambienta. Mesmo assim, com punição prevista em lei, a prática é comum. Nesta noite, um homem foi preso em flagrante em Sorriso por ameaçar o meio ambiente e até a vida dos moradores. 
De acordo com o sargento BM Thalmir Ferreira, um homem acionou o Corpo de Bombeiros por imaginar que a fumaça vista por ele, na avenida Brasil, no bairro Bom Jesus, seria oriunda de um incêndio em um prédio comercial. Porém, durante a execução dos procedimentos de desligamento da energia e varredura do prédio para busca do local da fumaça, os bombeiros identificaram que um homem estava ateando fogo no lixo. 
O sargento deu voz de prisão ao acusado, haja vista que a prática de queimada urbana é crime. “Não se pode queimar lixo na cidade, não se pode varrer folhas e colocar fogo nelas, nem juntar o lixo e colocar fogo na churrasqueira, e não se pode limpar o terreno com fogo. Tudo isso é crime ambiental, passivo de prisão e de multa”, explicou. 
Os bombeiros solicitaram apoio da Polícia Militar, que fez a condução do homem à delegacia de Polícia Civil para as providências necessárias. 
O acusado fez o uso do direito de ficar em silêncio. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *