Agentes apreendem 1,3 mil metros cúbicos de madeira ilegal em Nova Mutum, e mais 3 cidades

(foto: assessoria)
A operação Pinga Fogo resultou em apreensão inédita de madeira de corte proibido. Durante a ação fiscalizatória realizada por agentes da secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema),do Instituto de Defesa Agropecuária (Indea) e Força Tática da Polícia Militar foram apreendidos 1.3 mil m³ de madeira, sendo 470m³ de Castanheira, que é uma espécie protegida por lei. A ação fiscalizatória está sendo realizada nos municípios de Nova Mutum, Marcelândia, Cláudia, e Porto dos Gaúchos.
Quatro pessoas foram conduzidas para a delegacia por crimes contra a flora. Uma outra pessoa foi conduzida por porte ilegal de drogas e munições. Até o momento, foram aplicados R$ 3 milhões em multas, embargadas três madeireiras e mil hectares por desmatamento em desconformidade com a legislação.
Os agentes avaliam que esta é a maior apreensão de madeira protegida por lei já realizada em Mato Grosso. Os equipamentos utilizados para a prática dos crimes ambientais também foram apreendidos, sendo três caminhões, sete tratores e onze motosserras.
As denuncias de crimes ambientais podem ser feitas à Ouvidoria Setorial da Sema, nas unidades regionais do órgão ou aplicativo MT Cidadão. As informações são da assessoria.

Fonte – Só Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *